in ,

Bomba da Segunda Guerra é encontrada na Grécia

Cerca de 75 mil pessoas tiveram de ser levadas para abrigos; artefato pesa aproximadamente 227 quilos e foi achado sob um posto de combustíveis

Uma bomba de mais de 226 quilos da Segunda Guerra Mundial foi descoberta na Grécia na semana passada, a 5 metros abaixo do solo em um posto de gasolina, onde trabalhadores estavam cavando para expandir os tanques de armazenamento de combustível.

Ele não explodiu e resultou na maior evacuação em tempos de paz do país, já que aproximadamente 72 mil pessoas abandonam a área após a descoberta.

A bomba foi encontrada em Thessaloniki, a segunda maior cidade da Grécia. Começando às 6 da manhã deste domingo – antes de especialistas militares começarem sua tentativa de desarmamento – os moradores que vivem a 1,2 milhas do local foram transportados de ônibus para academias, estádios e cafés locais.

“É a primeira vez que algo assim está acontecendo na Grécia”, disse o vice-governador da região, Voula Patoulidou. “A transferência de todos os residentes é obrigatória e iremos de porta em porta para garantir que todos saiam.”

A bomba foi derrubada na década de 1940 durante um ataque aéreo na cidade. Seu exterior está muito desbotado para determinar se pertencia aos alemães ou aos aliados, mas um morador local tem um palpite.

“O bombardeio foi feito por aviões ingleses e americanos em 17 de setembro de 1944”, disse Giorgos Gerasimou, morador de 86 anos de idade. “Era domingo à hora do almoço.”

Gerasimou, que tinha 13 anos na época, disse a repórteres que ele e seus amigos se esconderam em uma vala para ficarem seguros. Mas um amigo, cujo retrato ele ainda mantém guardado, foi morto no ataque.

Ele acredita que os Aliados estavam alvejando uma ferrovia alemã, onde ele e seus amigos costumavam ir todos os dias para suas fazer um lanche. Sua história coincide com a linha do tempo, já que a Alemanha ocupou a Grécia de 1941 até o final de 1944.

A descoberta da bomba ocorre apenas duas semanas depois que outra bomba não-detonada da Segunda Guerra Mundial foi encontrada no rio Tâmisa, em Londres. No caso de Londres, o explosivo foi descoberto por um limpador de rios que relatou a suspeita de ser da Segunda Guerra Mundial à polícia local. Duas pontes e uma estação de metrô foram desligadas para remover o dispositivo de 60 cm por 30 cm. Foi então detonada em um estuário próximo.

Tais incidentes são perigosos, mas não necessariamente surpreendentes. Durante a guerra, as forças aéreas dos aliados jogaram 2,7 milhões de toneladas de bombas na Europa (metade das quais foram detonadas na Alemanha). Cerca de 10% destas não conseguiram explodir, de acordo com o Smithsonian. Embora um grupo específico de pessoas – o KMBD – fosse montado para encontrá-las e desarmá-las, muitas ainda estão perdidas.

Mais de 2.000 toneladas de bombas ou minas não detonadas ainda são encontradas todos os anos na Alemanha – exigindo grandes evacuações a cada dois anos ou mais. O grupo ainda ativo desativa uma bomba aérea a cada duas semanas e pelo menos 11 técnicos em bombas foram mortos no país apenas desde o ano 2000.

Por esta razão, todas as precauções foram tomadas esta semana na Grécia, como a equipe vai trabalhar para desativar o detonador da bomba e, em seguida, mudar o dispositivo para um local seguro.


Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Você consegue encontrar os 12 soldados britânicos camuflados na selva de Brunei?

Mistério: sons estranhos voltam a ser ouvidos no ártico canadense