in , , ,

Megalodon: Pesquisadores podem ter finalmente descoberto a causa da extinção do maior tubarão do mundo

Pesquisadores podem ter finalmente descoberto por que o maior tubarão do mundo, o megalodon (Carcharodon megalodon), foi extinto há 2,6 milhões de anos – e tudo tem a ver com sua refeição favorita.

Com base em novas análises de fósseis, a equipe diz que os poderosos tubarões de 16 metros de comprimento provavelmente morreram depois que sua presa favorita (baleia-anã) desapareceu do planeta devido ao aquecimento dos oceanos, dando lugar às baleias maiores que conhecemos hoje.

“O desaparecimento do último tubarão de dentes gigantes pode ter sido desencadeado pelo declínio e extinção de várias espécies de pequenas baleias, dando lugar às baleias gigantes”, disse o líder da equipe, Alberto Collareta, da Universidade de Pisa, Itália.

Se você não está familiarizado com o megalodon, ele foi um tubarão gigantesco pré-histórico que faria o tubarão branco passar vergonha. Com uma mandíbula de 3 metros de largura que poderia esmagar praticamente qualquer coisa que encontrasse pela frente, esses tubarões enormes eram verdadeiros monstros marinhos.

Veja uma imagem comparativa do megalodon e outros tubarões atuais:
Discovery
© Discovery

Acredita-se que os megalodons percorreram os oceanos por cerca de 20 milhões de anos, e foram extintos subitamente há mais ou menos 2,6 milhões de anos. A razão para este declínio súbito tem sido muito debatida, mas agora Collareta e sua equipe podem ter colocado um ponto final na discussão.

Como os megalodons foram extintos?

Com base na análise das marcas de dentes deixadas em fósseis de mamíferos marinhos de 7 milhões de anos, a equipe identificou a presa favorita do tubarão: a baleia-anã, juntamente com algumas focas.

“Entre os portadores de marcas deixadas por dentes de megalodon estava a mandíbula de uma espécie pequena e extinta de baleias chamada Piscobalaena nana e um tipo precoce de foca chamada Piscophoca pacifica“, afirmam os pesquisadores. “Ambos os animais cresceram 5 metros de comprimento – um terço do tamanho do megalodon.”

Enquanto o animal se acostumou a caçar estas presas em particular, a equipe diz que um clima quente matou muitas baleias menores que viviam ao longo das costas do mundo – incluindo a baleia-anã.

Isso não significava apenas menos baleias-anãs para os megalodons caçarem, mas o derretimento dos pólos proporcionaram o surgimento de novos ecossistemas oceânicos, permitindo o aparecimento e adaptação de baleias gigantes como a baleia azul.

Os pesquisadores dizem que esta mudança ocasionou dois problemas ao megalodon: forçou-o a caçar baleias grandes, o que dificultou muito a sua sobrevivência, e proporcionou um novo habitat para tais baleias, que se afastaram das zonas habitadas por megalodons.

Isso foi um golpe duplo no megalodon, o que pode ter levado ao sei desaparecimento.

Alguns afirmam que os megalodons podem ter se alimentado de presas maiores, embora ainda não esteja claro se eles foram capazes de derrubar essas presas ou apenas comiam suas carcaças.
Ainda é necessário muito trabalho para entender completamente todos os aspectos do colapso do megalodon, mas agora temos finalmente uma pista sobre o que pode ter derrubado o maior tubarão do mundo – falta de alimento.

Imagens: Discovery, Wikipédia
Fonte: Mistérios do Mundo

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Morcegos no Brasil estão se alimentando de sangue humano

Você precisa conhecer estes raros “cogumelos de neve”